Fuga do cativeiro: de Rapunzel a Lúthien

Cristina Casagrande No artigo sobre o aspecto físico de Lúthien comparado à Branca de Neve, demonstramos que ao contrário da princesa envenenada por uma maçã, Lúthien não tinha problemas com a figura materna. Porém, não podemos dizer o mesmo em relação ao pai, o rei Thingol de Doriath. Ao menos, a partir da chegada de … More Fuga do cativeiro: de Rapunzel a Lúthien

Sombra e Ossos | Livro é fantasia pop que promete mais do que entrega

Lorena S. Ávila A fantasia no século XXI é quase um Santo Graal que todos nós, escritores, tentamos desesperadamente encontrar. O Senhor dos Anéis, Harry Potter, As Crônicas de Gelo e Fogo, As Brumas de Avalon e Sandman parecem muito mais lendas antigas do que histórias imaginadas e concebidas por pessoas comuns. Herdamos universos inacreditáveis, … More Sombra e Ossos | Livro é fantasia pop que promete mais do que entrega

O Senhor dos Metais: como as obras de Tolkien encantaram o rock

Lorena S. Ávila “Nada se cria, tudo se copia”, sugere o ditado, mas talvez essa não seja a forma mais justa de expressar os desígnios da inspiração. Ela é quase que um filho da arte, uma forma de perpetuar a espécie e de manter a humanidade viva geração após geração, é uma força sobrenatural que … More O Senhor dos Metais: como as obras de Tolkien encantaram o rock

“Raya e o Último Dragão”: ecos de um passado mítico e de um presente devastado

Giovanna Chinellato Tolkien (1936, p. 3) escreveu que “dragões, dragões de verdade, essenciais para o mecanismo e ideias de um poema ou conto, são de fato raros”. Raro é uma boa definição para muitos aspectos de Raya e o Último Dragão: protagonista e antagonista mulheres, fortes, líderes e guerreiras; nenhuma menção a um interesse romântico; … More “Raya e o Último Dragão”: ecos de um passado mítico e de um presente devastado

Programação e Caderno de Resumos: I Jornada de Estudos Mitopoéticos — “Monstros e Heróis: Tolkien, Mito e Fantasia”

Confira a programação e o caderno de resumos da nossa Jornada de Estudos Mitopoéticos O Grupo de Estudos Mitopoéticos (GEM), linha subordinada ao Grupo de Pesquisa em Produções Literárias e Culturais para Crianças e Jovens III (CNPq/USP), da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH/USP), realizará a sua primeira Jornada de Estudos Mitopoéticos no … More Programação e Caderno de Resumos: I Jornada de Estudos Mitopoéticos — “Monstros e Heróis: Tolkien, Mito e Fantasia”

Resultado da Votação: melhores textos do Tolkienista

O resultado da votação dos melhores textos do Tolkienista, em ocasião dos dois anos do site, está no ar! Confira os vencedores: Melhor artigo: O Feminino na Literatura de J.R.R. Tolkien, por Cristina Casagrande Melhor resenha: “Metafísica da Subcriação“: Um Ensaio Filosófico Sobre os Estudos Acadêmicos de J.R.R. Tolkien, por Eduardo Boheme Melhor Tradução: Prefácio … More Resultado da Votação: melhores textos do Tolkienista

“Phantastes”: uma Imersão no Reino das Fadas

Cristina Casagrande Ao relatar a gênese da história de Ferreiro de Bosque Grande a Clyde Kilby, em nota presente na edição ampliada do conto com edição de Verlyn Flieger, Tolkien afirma que Phantastes o “afligiu com profunda antipatia”, enquanto “despertou” seu amigo Jack, mais conhecido como C.S. Lewis (2015, p. 64). Quando eu li isso, … More “Phantastes”: uma Imersão no Reino das Fadas

“Cartas de um Diabo a seu Aprendiz”: uma Apresentação

Carlos Alberto Chaves Pessôa Júnior   Cartas de Um Diabo a Seu Aprendiz é considerada uma das produções mais fascinantes de C.S. Lewis. O livro foi dedicado a outro grande nome da literatura inglesa, J.R.R Tolkien, contudo, como revela Colin Duriez, O Dom da Amizade, que relata a amizade de J.R.R Tolkien e C.S Lewis, … More “Cartas de um Diabo a seu Aprendiz”: uma Apresentação

Call for Papers: Tolkien as a translator: investigations on Tolkien translation studies

Tolkieniani Italiani, 2021-2022 Leia a chamada em português aqui. Edited by Giuseppe Scattolini and Enrico Spadaro John Ronald Reuel Tolkien was first and foremost a great philologist: words and languages were his bread and butter. Languages that evolved throughout their history, languages near and far, languages that had to be translated. Because Tolkien was also … More Call for Papers: Tolkien as a translator: investigations on Tolkien translation studies

Análise da Guerra na Queda de Gondolin a partir da perspectiva de Sun Tzu

Patrick Queiros Conforme afirmamos neste artigo, de acordo com a obra A Arte da Guerra (séc. III a.C.), de Sun Tzu, há cinco tipos de espiões a poderem ser empregados: nativos, internos, duplos, dispensáveis e vivos. Destes, o personagem tolkieniano Melkor (em versões antigas, grafado como Melko), o Senhor do Escuro, utiliza-se de dois tipos … More Análise da Guerra na Queda de Gondolin a partir da perspectiva de Sun Tzu