A pandemia, o dragão e o apocalipse

Diego Klautau A partir da mitologia comparada, por exemplo o livro Tratado da História das Religiões, de Mircea Eliade (2010, p. 155-156; 168-171; p. 358-361), podemos pensar na figura do dragão. A palavra vem do grego drakon, ser aquático e que remete ao ato de ver, monstro normalmente de caráter maligno. Contudo, historicamente, podemos considerar, … More A pandemia, o dragão e o apocalipse

“A Spring Harvest”: a antologia poética recomendada por Tolkien

Lorena S. Ávila Pensemos por um instante na primavera, no espírito feliz e melancólico que personifica o paradoxo da natureza no desabrochar, prover e morrer das flores e dos frutos. A perfeita união de calor e frio. Equilíbrio. Estação de renovação e esperança que, não à toa, dá nome à antologia poética de Geoffrey Bache … More “A Spring Harvest”: a antologia poética recomendada por Tolkien

“O Silmarillion”: a biografia de uma obra

Fernanda Correia J.R.R. Tolkien tornou-se autor ao longo de sua vida, misturando suas referências de infância com seus estudos acadêmicos e sua própria experiência pessoal. Se o sucesso de seus livros publicados quando ainda estava vivo fizeram com que ele pudesse se dedicar à escrita, a produção de O Silmarillion embrenha-se com a história de … More “O Silmarillion”: a biografia de uma obra

Tolkienista é novo associado Amazon :)

Olá, agora somos associados da Amazon! Comprando por um link nosso, você ajuda o site sem custo adicional! ❤ “A Amizade em O Senhor dos Anéis”: https://amzn.to/3mxm5EP“Senhor Boaventura”: https://amzn.to/3eaMVPW“Cartas do Papai Noel”: https://amzn.to/3jESIia“O Senhor dos Anéis”: https://amzn.to/3kJa8LD“O Silmarillion”: https://amzn.to/383HfGI“Contos Inacabados”: https://amzn.to/2HXxsa3“Os Filhos de Húrin”: https://amzn.to/385ZAmv“Beren e Lúthien”: https://amzn.to/34QKSO0“A Queda de Gondolin”: https://amzn.to/328Ywdw“Árvore e Folha”: https://amzn.to/34QJbAk“A Spring Harvest”: https://amzn.to/383LP7P“J.R.R. Tolkien: … More Tolkienista é novo associado Amazon 🙂

Novo curso sobre J.R.R. Tolkien na USP homenageia Christopher

Depois do curso A Subcriação de Mundos — Estudos sobre a Literatura de J.R.R. Tolkien, oferecido pelo Grupo de Pesquisas Produções Literárias e Culturais, junto ao Programa de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa/FFLCH, será oferecido um novo curso: As obras póstumas de J.R.R. Tolkien: uma homenagem a Christopher. O intuito é, portanto, proporcionar … More Novo curso sobre J.R.R. Tolkien na USP homenageia Christopher

Um peregrino encontra seu caminho: “O Regresso do Peregrino”, de C.S. Lewis

Igor Gaspar “Embora a história de Lewis revele sinais de que esta era sua primeira obra de ficção em prosa, o texto é bastante encantador e muitos gostam de relê-lo”.Colin Duriez Numa resenha para a Time and Tide em 1954, C.S. Lewis escreveu que O Senhor dos Anéis, do professor Tolkien, era “a conquista de … More Um peregrino encontra seu caminho: “O Regresso do Peregrino”, de C.S. Lewis

‘Doworst’, de J.R.R. Tolkien: um poema desaparecido

Read this article in English. Ronald Kyrmse Doworst é um poema aliterante de J.R.R. Tolkien, com cerca de 2,2 mil palavras, escrito como paródia de Piers Plowman [Pedro Arador], uma narrativa do final do século XIV. No poema medieval o autor, William Langland, descreve a busca pelos personagens alegóricos Dowel (“Faz-bem”), Dobet (“Faz-melhor”) e Dobest … More ‘Doworst’, de J.R.R. Tolkien: um poema desaparecido

J.K. Rowling: questões de autoria, subcriação e interpretação

Beatriz Masson Recentemente, o nome de J.K. Rowling esteve no centro de uma imensa polêmica político-social: em sua conta no Twitter, a autora de Harry Potter tem apresentado de forma bastante temerária suas opiniões frente à comunidade trans, levantando um debate acerca de questões de grande importância, como a necessidade de respeito a identidade, gênero … More J.K. Rowling: questões de autoria, subcriação e interpretação

“Mr. Bliss” ou “Sr. Boaventura”: excentricidade, “nonsense” e crítica à modernidade 

Cristina Casagrande Um livro-álbum, ou seja, aqueles livros normalmente em posição horizontal, cheios de ilustrações que competem com as palavras, tipicamente voltado para as crianças da educação infantil (ou jardim de infância, como chamavam quando eu era pequena). Desenhos singelos, mas encantadores, um humor simples, por vezes, espalhafatoso. Uma letra de mão corriqueira, pouco ou … More “Mr. Bliss” ou “Sr. Boaventura”: excentricidade, “nonsense” e crítica à modernidade