A tradução de Otavio Fatica na Itália: como chegamos a isto?

Este texto representa a opinião de seu autor, Giuseppe Scattolini, e seu conteúdo não necessariamente expressa a posição do site Tolkienista.

Read this article in English on the following page.
The text represents the opinion of its author, Giuseppe Scattolini, and its content does not necessarily express the position of Tolkienista website. … More A tradução de Otavio Fatica na Itália: como chegamos a isto?

Tolkien: as três dimensões da subcriação

por Ronald Kyrmse Imaginemos por um instante dois cavalheiros: Um deles é um conceituado acadêmico da tradicionalíssima Universidade de Oxford, na primeira metade do século XX. Trata-se de um professor de anglo-saxão (ou antigo inglês, o idioma falado na Inglaterra até o ano 1100), colaborador do Oxford English Dictionary, autor de diversos estudos eruditos sobre … More Tolkien: as três dimensões da subcriação

Orques e a composição ontológica

Por Diego Klautau Uma das coisas mais interessantes ao se estudar Tolkien é a maneira pela qual sua literatura fantástica nos leva a descobrir alguns tesouros filosóficos e teológicos. Por exemplo, é possível investigar como os orques podem nos ajudar a entender o ente (ens) como estrutura ontológica básica em São Tomás de Aquino, especialmente … More Orques e a composição ontológica

Entre Mitos e Heróis

por Victoria Barros Ao se estudar a vida e a obra de J.R.R. Tolkien, torna-se claro o fascínio do autor inglês por mitos. Essa fascinação se encontra tanto em seus trabalhos acadêmicos quanto em sua produção literária. Como especialista em filologia e em literatura inglesa, Tolkien publicou, em 1925, junto com E.V. Gordon, uma edição … More Entre Mitos e Heróis

Traduzindo poemas: da marginália hobbitesca aos lais bretões

Por Cristina Casagrande Dentre os diversos críticos de J.R.R. Tolkien, estão aqueles que têm pouco apreço pelos seus poemas. Em uma carta, disse o professor de Oxford: Minha “poesia” recebeu poucos elogios — até os comentários de alguns admiradores geralmente eram desdenhosos (me refiro às críticas de sujeitos de estilo literário próprio). Talvez em boa … More Traduzindo poemas: da marginália hobbitesca aos lais bretões

‘Ainda estamos na mesma história’: continuidade em Tolkien’s Lost Chaucer

por Eduardo Boheme O italiano Giambattista Bodoni (1740–1813) foi um dos maiores tipógrafos da história, e o conjunto de tipos que leva seu sobrenome é um dos mais longevos e mais bonitos, com elegantes serifas em filete e alto contraste nos traços, tudo muito revolucionário na época. Bodoni não poderia prever que, mais de um … More ‘Ainda estamos na mesma história’: continuidade em Tolkien’s Lost Chaucer

Átaremma: o Pai-Nosso em alto-élfico

Por Cristina Casagrande e Eduardo Boheme A tradução que Tolkien fez do Pai-Nosso para o idioma alto-élfico (Quenya) sobrevive em seis versões, possivelmente escritas nos anos 50, que diferem entre si em maior ou menor grau. As seis versões foram publicadas originalmente no periódico Vinyar Tengwar nº 43. No mesmo periódico, encontram-se as quatro versões … More Átaremma: o Pai-Nosso em alto-élfico

O que o Rompimento da Sociedade do Anel tem a nos ensinar em tempo de quarentena

Por Cristina Casagrande Tolkien passou quase a vida inteira escrevendo seu legendário, além de outras histórias além-Arda. O esforço descomunal para observar cada detalhe de seu mundo imaginário nos leva a questionar: para que tudo isso? No prefácio à segunda edição de O Senhor dos Anéis (2019: 32-3), o autor responde a essa questão ao … More O que o Rompimento da Sociedade do Anel tem a nos ensinar em tempo de quarentena