Traduzindo poemas: da marginália hobbitesca aos lais bretões

Por Cristina Casagrande Dentre os diversos críticos de J.R.R. Tolkien, estão aqueles que têm pouco apreço pelos seus poemas. Em uma carta, disse o professor de Oxford: Minha “poesia” recebeu poucos elogios — até os comentários de alguns admiradores geralmente eram desdenhosos (me refiro às críticas de sujeitos de estilo literário próprio). Talvez em boa … More Traduzindo poemas: da marginália hobbitesca aos lais bretões

‘Ainda estamos na mesma história’: continuidade em Tolkien’s Lost Chaucer

por Eduardo Boheme O italiano Giambattista Bodoni (1740–1813) foi um dos maiores tipógrafos da história, e o conjunto de tipos que leva seu sobrenome é um dos mais longevos e mais bonitos, com elegantes serifas em filete e alto contraste nos traços, tudo muito revolucionário na época. Bodoni não poderia prever que, mais de um … More ‘Ainda estamos na mesma história’: continuidade em Tolkien’s Lost Chaucer

Átaremma: o Pai-Nosso em alto-élfico

Por Cristina Casagrande e Eduardo Boheme A tradução que Tolkien fez do Pai-Nosso para o idioma alto-élfico (Quenya) sobrevive em seis versões, possivelmente escritas nos anos 50, que diferem entre si em maior ou menor grau. As seis versões foram publicadas originalmente no periódico Vinyar Tengwar nº 43. No mesmo periódico, encontram-se as quatro versões … More Átaremma: o Pai-Nosso em alto-élfico

O que o Rompimento da Sociedade do Anel tem a nos ensinar em tempo de quarentena

Por Cristina Casagrande Tolkien passou quase a vida inteira escrevendo seu legendário, além de outras histórias além-Arda. O esforço descomunal para observar cada detalhe de seu mundo imaginário nos leva a questionar: para que tudo isso? No prefácio à segunda edição de O Senhor dos Anéis (2019: 32-3), o autor responde a essa questão ao … More O que o Rompimento da Sociedade do Anel tem a nos ensinar em tempo de quarentena